Maturidade passo a passo

A força de um olhar
04/03/2020
Por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor. 2 Pedro 1:5-7>

Às vezes, alguns papais e mamães parecem viver um paradoxo. Sonham ver seus bebês crescendo, indo para a escola, alcançando a adolescência e a juventude, formando-se, enamorados, casados e dando-lhes netos e bisnetos. Ao mesmo tempo, ao verem a realidade do crescimento físico, intelectual e emocional dos filhos e o distanciamento do tempo em que eles mal articulavam as primeiras sílabas e os divertiam com suas conquistas e gracinhas, pensam saudosos e entre suspiros: “Ah, se eles continuassem como bebezinhos!”


Impossível. A menos que haja alguma anormalidade, o caminho natural é o crescimento. Dos primeiros anos, restarão apenas as lembranças.


A vida cristã é progressiva. O recém-nascido espiritual deve crescer. Diz Pedro: “Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação” (1Pe 2:2). Os seguidores de Cristo nunca deixam de crescer espiritualmente, e de modo natural, quando se alimentam do Pão da Vida e bebem da Água que salta para a vida eterna.


Em nosso texto de hoje, o apóstolo Pedro nos apresenta a escalada desse crescimento, cujo primeiro degrau é a fé. Ela é a base, o fundamento de tudo. “O justo viverá pela sua fé” (Hc 2:4). “Sem fé é impossível agradar a Deus” (Hb 11:6). A fé deve ser suplementada por virtude, excelência moral, dignidade e objetivos nobres e elevados. Conhecimento é o degrau seguinte e implica experiência pessoal com Deus, a compreensão prática de Seus planos, caminhos e propósitos para a vida. Ao conhecimento, soma-se o domínio próprio ou paciência, a firmeza e constância espiritual. Piedade, afeto fraternal e amor culminam a escalada.


Caso você sinta falta de alguma dessas virtudes em sua vida, lembre-se: Deus, por Sua graça, tem colocado à nossa disposição todo o poder a fim de que cresçamos à semelhança de Jesus Cristo. Seu Espírito nos guiará pelos caminhos que nos levarão ao topo de Seus ideais para nós. Renovemos nossa entrega a Ele. Sintamos Sua presença a cada passo lado a lado conosco neste dia, enquanto Ele realiza em nós Seu querer e efetuar, de acordo com os sábios propósitos que tem para nós